Como diminuir o inchaço em oito passos

0
<

O inchaço abdominal é uma verdadeira dor de cabeça. Pode ter mutas causas e, inclusive, ser sintoma de alguma doença. A principal razão é uma rotina de alimentação desequilibrada. Aprenda como diminuir o inchaço a seguir.

Como diminuir o inchaço

A retenção de líquidos é a causa mais comum para o inchaço – excesso de água no organismo – o que faz inchar principalmente a barriga, pés, mãos, coxas, tornozelos e os seios.

Outras causas do inchaço é a famigerada flatulência, que é o acúmulo de gases no intestino, causada pela famosa prisão-de-ventre.

Veja alguns hábitos saudáveis para diminuir o inchaço.

VEJA TAMBÉM: Conheça a Dieta Paleolítica

Bebidas com gás

Toda e qualquer bebida com gás, principalmente os refrigerantes, devem ser evitados por quem sofre de inchaço na região abdominal. O gás do refrigerante potencializa ainda mais quem sofre com o inchaço. Além do mais, são ricos em sódio, o vilão do barrigão inchado.

Toda e qualquer bebida com gás, principalmente os refrigerantes, devem ser evitados por quem sofre de inchaço na região abdominal. O gás do refrigerante potencializa ainda mais quem sofre com o inchaço. Além do mais, são ricos em sódio, o vilão do barrigão inchado.

Alimentos geradores de gases

Certos alimentos são mais difíceis para serem digeridos pelo nosso corpo e essa digestão se dá através de um processo fermentativo. Brócolis, repolho, couve-flor, batata-doce, leguminosas em geral, cebola, leite e alimentos ricos em açúcar. Feijão com ovo é certeza absoluta de inchaço e muitos gases na região abdominal.

Certos alimentos são mais difíceis para serem digeridos pelo nosso corpo e essa digestão se dá através de um processo fermentativo. Brócolis, repolho, couve-flor, batata-doce, leguminosas em geral, cebola, leite e alimentos ricos em açúcar. Feijão com ovo é certeza absoluta de inchaço e muitos gases na região abdominal.

Reduza o sódio da dieta

Alimentos com muito sódio retêm a água no corpo, causando o terrível inchaço. Evite colocar sal em refeições já prontas e alimentos industrializados, conservas e embutidos. Alerta vermelho: Coca-cola, campeã em sódio é açúcar refinado

Alimentos com muito sódio retêm a água no corpo, causando o terrível inchaço. Evite colocar sal em refeições já prontas e alimentos industrializados, conservas e embutidos. Alerta vermelho: Coca-cola, campeã em sódio é açúcar refinado

Equilíbrio entre fibras e líquidos

Uma dieta rica em fibras contribui para o inchaço se não for acompanhada de líquidos. Isso porque o excesso de fibras se acumula no intestino provocando o tal de inchaço. A quantidade mínima de fibras recomendada é de 30 gramas ao dia e dois litros de água em média.

Uma dieta rica em fibras contribui para o inchaço se não for acompanhada de líquidos. Isso porque o excesso de fibras se acumula no intestino provocando o tal de inchaço. A quantidade mínima de fibras recomendada é de 30 gramas ao dia e dois litros de água em média.

Não seja uma “exagerada”

Exagerar nas refeições contribui muito para o inchaço porque dificulta a digestão. Grandes refeições também causam o alargamento do estômago, o que faz com que a sensação de saciedade demore a aparecer

Exagerar nas refeições contribui muito para o inchaço porque dificulta a digestão. Grandes refeições também causam o alargamento do estômago, o que faz com que a sensação de saciedade demore a aparecer

Mastigue bem a comida

O que acontece quando você come muito rápido é que os alimentos não focam bem mastigados, o que atrapalha a digestão. O bolo fecal chega ao intestino não totalmente digerido, o que provoca o inchaço.

O que acontece quando você come muito rápido é que os alimentos não focam bem mastigados, o que atrapalha a digestão. O bolo fecal chega ao intestino não totalmente digerido, o que provoca o inchaço.

Aposte nas proteínas magras

Proteínas com baixo teor de gordura são uma espécie de diurético natural, pois ajudam a expelir os líquidos em excesso. Para serem digeridas, as proteínas produzem um sub-produto tóxico, como a ureia, que precisam ser eliminados pela urina. No entanto, o consumo desse alimentos deve ser moderado para não suceder uma super-produção desses componentes tóxicos.

Proteínas com baixo teor de gordura são uma espécie de diurético natural, pois ajudam a expelir os líquidos em excesso. Para serem digeridas, as proteínas produzem um sub-produto tóxico, como a ureia, que precisam ser eliminados pela urina. No entanto, o consumo desse alimentos deve ser moderado para não suceder uma super-produção desses componentes tóxicos.

Beba muito chá

Os chás ricos em cafeína azem você urinar com mais frequência, eliminando o excesso de líquidos e toxinas, limpando o organismo e eliminando o inchaço. Os mais recomendados são o chá verde, cavalinha, cabelo de milho, alfafa e dente-de-leão.

Os chás ricos em cafeína azem você urinar com mais frequência, eliminando o excesso de líquidos e toxinas, limpando o organismo e eliminando o inchaço. Os mais recomendados são o chá verde, cavalinha, cabelo de milho, alfafa e dente-de-leão.

VEJA TAMBÉM: 10 cereais para a dieta

Acabe com a barriga inchada. Veja!

<

Comments are closed.